couve-flor tronco e membros


outubro 26, 2006, 8:33 am
Filed under: VÍDEO

Stéphany Mattanó

 

Olá gente, quem é vivo sempre aparece, e olha eu aqui…

Eu sei que para os couves de Curitiba está impossível falar comigo, pois além de eu estar sem celular (perdi no dia do lançamento do couve lá no Jokers), eu quase não paro em casa, mas vá lá.

Desculpas à parte, hoje foi um dia inspirador.

Eu vi as imagens que eu e a Michelle fizemos nesta terça-feira pela manhã numa TV grande. Fiquei bem feliz com o resultado.

Filmamos com o auxílio de um câmera man, o Fernando, mais conhecido como “Peruano”.

Ele fez esta filmagem conosco para que pudéssemos ter mais tranqüilidade com relação as funções de cada um.

**Eu tava lá com o meu caderninho onde estava anotado o roteiro prévio de imagens. Minha função era de seguir o roteiro de imagens e tentar direcionar onde “encaixariam” as ações da Michelle no quadro.

**A Michelle estava com uma blusa amarela que emprestei da minha vizinha Dayse (sim, a do Mundaréu) pela manhã. A função da Michelle era a de dançarina, coreógrafa, xelelê, que improvisava seus graciosos movimentos frente à câmera (muito bons por sinal).

**O Peruano lá estava com a câmera profissional, filmando em 24 quadros (imagem tipo de cinema). Sua função era não tremer (pois estava sem tripé (ele se mostrou um exímio bailarino de imagens). Ele controlava incidência de luz na câmera, regulagem de cor, contraste, brilho. Coisas típicas que um técnico deve fazer.

Nestas condições, às 11:15 da manhã de terça, saímos sentido República Argentina (perto da minha casa) de onde gravamos as imagens do último vídeo.

Após o trabalho, nós três conferimos material na câmera e nos divertimos bastante. Pena que vocês ainda não viram grandão. Bem legal.

Conceitualmente, partimos de uma idéia do chão do trilho do trem que a Beti filmou lá na Europa. Gostamos muito do movimento do trilho e da câmera estar fixa. Fazendo alguns testes com o Pablo no nosso último encontro, sobrepusemos a imagem de alguém dançando em cima dos trilhos. Meio brega, mas inspirador.

Encontrei a Mi na segunda-feira (um dia antes) e conversamos a respeito de como seria o roteiro. Comentei da possibilidade em termos um roteiro e funções claras, para que pudéssemos aproveitar o material registrado e o tempo de edição.

Seguindo a idéia de linha que encontramos no vídeo da Beti, eu e a Mi pensamos na linha do chão onde passa o biarticulado. Amarela. Perguntei para a Mi se ela tinha trazido a blusa amarela (a qual fizemos o vídeo do Metrô do Rio) e ela disse não.

Teimosia minha, tinha que ser amarelo. Daí no dia seguinte eis que consigo a tal da blusa amarela. Sorte.

Vamos aos takes (que a Beti pode tentar fazer algo com isso daí da França)

Take 1. De um lado da estação tubo, antes de passar a roleta, filmar dançarina de cima para baixo. Ele dança entre as estações tubo (uma de frente para outra). No chão a linha amarela e a textura do asfalto cinzento. Linha e blusa amarela. Ela dança entrando e saindo de cena. Câmera Fixa.

Take 2. De dentro desta estação tubo (após passada a roleta), filmamos a Michelle entrando no tubo da frente. Ela dança entre as pessoas que estão dentro do tubo. O tubo vai enchendo gradativamente de pessoas. As pessoas fingem que nada está acontecendo. Ela está de blusa amarela. Logo, passa em primeiro plano, uma senhora (concidentemente) de amarelo. Michelle pega o biarticulado que chega. Ela entra pela porta 3 e se posiciona logo em frente à câmera próximo à janela. Ônibus sai. Tubo vazio.

Take 3. Eu e o Peruano pegamos o prómixo ônibus depois do dela naquele tubo da frente. Fomos na porta 1, do lado do motorista fazer a imagem do chão do asfalto que o biarticulado percorre. Linha amarela divide o quadro. Ela nos conduz até a Michelle, que já está dançando entre os dois tubos seguintes. Ela está de amarelo. O ônibus para na estação tubo e a Michelle continua dançando. Quando ela percebe que o ônibus vai sair, ela muda para a outra pista e continua dançando. O ônibus sai, tirando Michelle de quadro. Continua take do chão até o próximo tubo.

Take 4. Terminal do portão. Michelle dança de um lado da plataforma do biarticulado. A gente filma de outro. Câmera parada. Quem compõe o vídeo além da dança da Mi, é a passagem de ônibus e pessoas frente à câmera.

Take 5. Terminal do portão. Michelle dança atrás da plataforma do biarticulado, em frente à um mural com anúncios (terceiro plano). A gente filma de outro. Câmera parada. Quem compõe o vídeo além da dança da Mi, é a passagem de ônibus e pessoas frente à câmera.

O que pode ser feito daí da França, creio eu, é filmar alguém de amarelo do outro lado da estação do metrô. Tal qual eu a Mi já havíamos experimentado no Rio.

Pelo que eu vi das suas imagens Beti, existem estações bem velhas por aí. Seria um contraste interessante para o padrão de imagens que temos por aqui. Tudo aqui é muito novo e muito diferente daí mesmo. Este seria um take que teríamos das três cidades. Curitiba, Rio de Janeiro e Paris ou outra cidade que você tiver.

Acho que por hoje é só pessoal.

Mi vê se confere.

Ah, agora só para a Mi, meu esboço de lista de agradecimentos:

**Dayse Santiago, Tamara Cubas, Karenina de Los Santos, Dayse Colaço.

Ainda não pensei em nomes para os vídeos, por enquanto fica Experimento #1, #2 e assim por diante.

Aceitamos sugestões

Beijocas à todos.

Anúncios

2 Comentários so far
Deixe um comentário

por onde andam? desatualizado pra caralho isso aqui não?? o site tá menos….mas e aí???

Comentário por L.H.

“Das Beste am Internet: die illegalen Tauschbu00f6rsen…” Click http://d2.ae/hool09070

Comentário por gertrudehorne10054




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: