couve-flor tronco e membros


processos do vídeo
outubro 3, 2006, 7:02 am
Filed under: Sem categoria

Por Michelle  

Bem, esse e-mail é pa atualizar as criações do vídeo.

Assisti muito muito muito o vídeo que temos, mostrei tbm pra algumas pessoas pra sacar o que chamava a atenção delas (quem viu foi a Karenina, a Micheline e o Alex Cassal). Foi ressaltado os reflexos, a “tripa = vagão de trem” e o balanço. Micheline fez relação do vídeo com o estado onírico/letárgico da maioria das pessoas dentro do metrô ou do ônibus. Ok,  fiquei feliz porque o vídeo está “dando a ver” os elementos que estamos pensando e escolhendo.

Mas eu ainda acho que falta o tal tempero que comentei aí em Curitiba. Um algo mais.

Semana passada todos os dias peguei metrô, no mesmo trajeto que fizemos no vídeo: estação do Catete até a Siqueira Campos. Fiz imagens dos 3 bancos vazios, com 2 homens dormindo, 3 garotas e 1 tinha machucado o dedo….

Além dessas filmagens, tô pensando em capturar ainda mais material, pois no dia da edição tive essa sensação de que estava faltando material. E agora acho que esse tempero pode ser exatamente isso…propor alguns desdobramentos mais das mesmas imagens que já temos. Por hora estou pensando em fazer novas imagens (e complementares) com 3 pessoas (Micheline, Vivian e Flávia ).  Essas imagens se somariam as que já fizemos. Penso nos seguintes tipos de imagem:

1-     filmar todas as 3 juntas, só 2 juntas, por fim 1 só. Usando mais essa idéia de 3 bancos, 3 tipos diferentes de blusa (uma branca, uma azul, uma amarela)

2-     Um quadro em que surge alguém dançando fora sem aparecer que essa pessoa saiu do metrô. Ela sai da “multidão” que caminha no corredor.

3-     Os 3 bancos vazios.

4-     Repetir o mesmo procedimento que nós duas fizemos (mudanças de bancos) com mais uma das 3.

5-     Ter imagens de “anônimos”. Penso que poderíamos ter essas imagens em um outro tempo, mais veloz, flashes, mais tremida…uma sugeirinha. Coisa pra experimentar.

 

Tenho vontade ao assistir o vídeo de que fique por mais tempo só “a gente” sentada. E fazer com que a dancinha de fora apareça só mais pro fim ou pro meio. Percebi q a dancinha é uma mudança muito grande de “idéia”. E por isso, me parece interessante dar mais tempo para observar cada detalhe de cada quadro (reflexos, o “protagonista” repetido nos 3 quadros, os “figurantes q passam”, as transformações de uma pessoa para outra e para outra, isso antes de mostrar a dancinha…deixar que isso seja um outro momento, para que seja singular…pois é o único momento que aparece um outro ambiente e com uma ação completamente nova: uma dança, um X…

São essas as coisas que estou pensando pra agora.

Penso em fazer as novas imagens com as meninas nessa quinta-feira.

E também repetir a dancinha fora do metrô e com a câmera tbm fora do metrõ dessa vez com um tripé!

Por hora é isso!

 

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: