couve-flor tronco e membros


para todos sobre atas, ideias, camera, e couves que despencam do céu
julho 24, 2006, 6:55 am
Filed under: GERAL, REFERÊNCIAS, VÍDEO

Elisabete Finger (20.07.06) 

Oi gente,
primeiro tenho que dizer que amo vcs e adoro ler os e-mails couve, morro de rir com as atas do Gustavo e e acho voces todos muito criativos, inteligentes, descolados, etc. Pena que a internet ta dificil pra mim, tenho que ir na casa dos amigos pq no cafe eles tem a pachorra de cobrar 2 euros por 15 minutos!

Fin,
vou tentar ir por partes mas as coisas se misturam.
Déjà acho uma boa comprar a camera. importantissimo, e eu mesma to pensando em comprar uma pra mim, pq agora sai de vez de Angers e nao tem mais a mamata do CNDC pra emprestar aparelhos tecnicos, donc tenho apenas a minha sonysinha digital pras fotos e filmes de 1m e 27s. Vou dar uma olhada no preço das digitais usadas pra ver se da pra pagar, mas to super mega sem dinheiro.
Falando da camera e das minhas possibilidades, vou tentar te mandar meus filmes de ponte daqui a pouco Sté, mas to achando dificil. Coloquei na resoluçao maxima 4 mega pixels, mas eu posso ver os quadradinhos no filme, acho que a qualidade das imagens vai pegar messsssmo. E os arquivos sao super pesados, talvez nao dê pra mandar por mail, to pensando em gravar um cd e mandar pelo correio. Acho que o que vai rolar mais sao fotos, que eu posso enviar facilmente (Aliàs Sté, diz pra mim com quantos megapixels de resoluçao é melhor fazer as fotos, de modo que elas sejam trabalhaveis para o video. Minha maquina tem opçao 1mega, 3 ou 4. Se der pra fazer em 1 posso tirar mais fotos de cada vez… diz o que vc acha). Vou continuar a fazer os filmes de pontes e vou estender para escadas rolantes, metrôs, trens, esses lugares de passagem, “nao lugares” do Foucault. Michelle, isso ta no texto que eu te dei “les hetorotopyes” (agora nao sei se é assim que escreve). Sei que ta em francês e é foda, mas vale muito à pena. Vou tentar fazer um resumao pra um proximo e-mail e mando pra vcs. Mas, agora me lembrei que o Gus também deve ter isso, se ele foi pegar o cd que eu deixei com a minha mae. Nele tem dois textos chave: “les heterotopyes” e “le corps utopyque”. os dois sao exelentes e tem tudo a ver. No segundo ele fala claramente do corpo como o contrario de uma utopia, como uma “topia” impiedosa, “um lugar (e eu acrescento: um territorio) ao qual estamos condenados”; e entao me lembro da celebre frase “sujeito e territorio sao indissociàveis”, biensûr pq o corpo é o primeiro territorio. No mesmo texto Foucault desenvolve a ideia e diz que na verdade o corpo é o centro de todas as utopias, que construimos “nao lugares”, no corpo e fora dele, e que em busca dessas utopias nos afastamos do corpo, e ele termina dizendo “… e se gostamos tanto de fazer amor, é porque é no ato de fazer amor que sentimos o corpo, meu e do outro, aqui e agora” (Traduçao tabajara de Finger, Elisabete).
o que me faz pensar na conversa da Reuniao de sabado…
Vou continuar em outro e-mail pra nao ficar muito comprido
beijo

Anúncios

2 Comentários so far
Deixe um comentário

“sujeito e territorio sao indissociáveis”
sendo assim, tenho uma reflexão sobre isso
se sujeito e território são indissociáveis, logo as relações estabelecidas entre sujeitos dimensionam o território que ocupam. Quanto melhor for a comunicação e relação destes sujeitos, logo o território será fortalecido. Penso em nós couves, na relação que nós temos. Penso também no território dos vários outros tipos de relacionamentos, nos territótios não cuidados, das pontes que fazemos com vários outros sujeitos. Também quero formular melhor pensamento para escrever aqui no e-mail. Esta história continua…
BETI – Falando da camera e das minhas possibilidades, vou tentar te mandar meus filmes de ponte daqui a pouco Sté, mas to achando dificil. Coloquei na resoluçao maxima 4 mega pixels, mas eu posso ver os quadradinhos no filme, acho que a qualidade das imagens vai pegar messsssmo. E os arquivos sao super pesados, talvez nao dê pra mandar por mail, to pensando em gravar um cd e mandar pelo correio. Acho que o que vai rolar mais sao fotos, que eu posso enviar facilmente (Aliàs Sté, diz pra mim com quantos megapixels de resoluçao é melhor fazer as fotos, de modo que elas sejam trabalhaveis para o video. Minha maquina tem opçao 1mega, 3 ou 4. Se der pra fazer em 1 posso tirar mais fotos de cada vez… diz o que vc acha).
STÉ – Já que vai mandar tudo pelo correio, te dou uma sugestão. Se não for difícil, é claro. Mandar em fita Mini-DV mesmo. Comprime menos do que passar este vídeo para CD. Mas se não tiver outro jeito, vai assim mesmo. Vamos ver o que podemos fazer…
As fotos acho bom vc gravar numa resolução máxima (se vc preferir mandar via correio). Se vc encher a máquina e ver que tem que escoar a produção de fotos com mais freqüência, manda via e-mail mesmo. Daí não tem erro, manda a mais leve mesmo.
Tente mandar em DVD ao invés de CD se conseguir. É pela capacidade, que no DVD cabe 4.1G de memória, gravando como disco de dados ou imagens. Que formato é dos vídeos, AVI? Movie?
Acho importante estes seus vídeos, como falei no outro e-mail, como um banco de imagens e idéias, para organizarmos um prewiew de como vão ser feitas as captações de imagens no Brasil. É importante que nossas idéias dialoguem na prática tb.
Manda pra mim.

Para se divertir um pouco, caso sobre tempo na internet, tem o site da YOU TUBE, onde uma galera coloca vídeos no ar, caso falte inspiração…
http://www.youtube.com

BETI – Vou continuar a fazer os filmes de pontes e vou estender para escadas rolantes, metrôs, trens, esses lugares de passagem, “nao lugares” do Foucault. Michelle, isso ta no texto que eu te dei “les hetorotopyes” (agora nao sei se é assim que escreve). Sei que ta em francês e é foda, mas vale muito à pena. Vou tentar fazer um resumao pra um proximo e-mail e mando pra vcs.
STÉ – Seria legal tradução. Obrigada.
Beijos à todos

Stéphany.

Comentário por couveflor

sobre heterotopia (é essa a tradução?)…. a sally banes fala alguma coisa no início de village 1963…

beijos, cris

Comentário por couveflor




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: