couve-flor tronco e membros


Ata – Reunião – 06/07/06
julho 20, 2006, 7:23 am
Filed under: ATAS

Gustavo Bitencourt 

De novo vou fazer a ata, mas fica aberta a adendos e correções de todo mundo.

Nos encontramos mais ou menos às 20h na minha casa, primeiro eu, Sté e Ricardo e, logo após, Cris e Neto.

Antes da Cris e do Neto chegarem, eu, Sté e o Ricardo conversamos sobre algumas coisas: definir alguns itens da pauta, as dúvidas e colocações da Stéphany sobre o vídeo (que ela já detalhou bem nestes últimos e-mails, não vou explicar muito), e um projeto que eu tou começando a esboçar para uma ação que acontece via site, explico melhor no próximo e-mail.

Definimos como indispensável pra pauta tratarmos inicialmente da grana e dos contratos, e falar sobre o lançamento. Ressaltou-se a necessidade de compartilhar mais os processos criativos que já estão rolando, tudo por e-mail, para que sempre se esteja aberto a interferência. Também a necessidade de marcarmos já reuniões, tanto ao vivo quanto virtuais, periodicamente.

Chegando a Cris, começamos a tratar do contrato com a Aspart e do termo de compromisso. Bom, ninguém apresentou maiores dúvidas quanto aos termos do contrato com a Aspart, mas cabe aqui dar uma explicada no que o Ricardo contou: chama-se um “contrato de gaveta”, ou seja, serve apenas para alguma eventualidade. Isso porque os termos são semelhantes aos de um contrato trabalhista, e caso fosse um contrato efetivo acarretaria uma série de tributos principalmente para a Aspart.

Sobre o termo de compromisso surgiram algumas dúvidas quanto ao caso de rescisão de contrato por parte de um de nós. No contrato mencionava-se que no caso de alguém desistir, teria que ficar apenas com o dinheiro referente ao tempo em que trabalhou no projeto. Achamos que seria melhor se fosse reescrito para que se restituísse 60% do que foi recebido até a desistência. Ainda, a redação mencionava o pagamento em parcelas, achamos que seria melhor se o contrato trouxesse a forma de pagamento em aberto. O Ricardo vai reescrever e mandar pra todos.

Sobre o dinheiro, o Ricardo teve uma conversa com a Michelle da Aspart que não se opôs à proposição de que fosse criada uma conta adjacente para o projeto, que pudesse ser movimentada por nós. O problema é o que o estatuto da Aspart determina que apenas o diretor financeiro ou o presidente podem movimentar o dinheiro. Assim é preciso uma espécie de procuração supercomplicada e específica, e mais uma série de documentos que eles estão providenciando. Optamos também por não pegar nenhuma grana ainda, e esperar essa situação se acertar antes de começarmos a movimentar.

Chegando o Neto, pegou um finalzinho desse assunto, e o Ricardo apontou que era importante que fosse feito um novo orçamento com as nossas despesas obrigatórias (por exemplo, passagens, cachês, impostos), para que víssemos como podemos ter mobilidade para a criação e produção. O Neto se comprometeu a fazer esse orçamento.

Abordamos o assunto da FNAC e do lançamento do projeto. A notícia que o Neto trouxe é que esteve com a responsável pelos eventos aqui em Curitiba. Ela falou que antes de qualquer coisa, o projeto passa por uma aprovação do departamento financeiro, ou seja, só chegam até ela novamente os projetos que sejam considerados rentáveis, direta ou indiretamente.

Como o Neto comentou com ela sobre o catálogo, ela quis saber se seria vendido ou distribuído, qual seria a tiragem, o público, se seria por alguma editora etc. Bom, aí entramos numa discussão um pouco mais longa sobre o teor desse catálogo, se seria produção de conhecimento ou apenas um mostruário, se traria textos de outros artistas/críticos. Aí para elaborarmos um projeto, que deve ser entregue o mais tardar na segunda, se quisermos uma data ainda em agosto, teríamos que trabalhar nisso esse fim-de-semana. Então discutimos também o formato/tamanho, número de páginas, para que eu pudesse orçar e a Cris e eu nos encarregamos de elaborar o projeto, explicando mais sobre esse lançamento até segunda-feira de manhã.

Eu opus uma certa resistência a fazer o lançamento agora, pois achei que em não estando tudo pronto e tinindo de brilhante poderíamos queimar a ficha com imprensa e público, e fechar algumas portas. Além disso, tenho as minhas ressalvas quanto ao lançamento se dar em Curitiba. Mas me convenceram que não, que é bom que isso seja um lançamento do início, uma abertura para que o projeto possa começar a ser construído a partir da colaboração de todo mundo, e eu achei lindo. Mas ficou decidido que é importante ter tudo isso muito claro na divulgação, porque é muito difícil convencer as pessoas que um lançamento não é resultado. E ainda acho complicado pensar em elaborar um texto que ressalte as qualidades vendáveis desse lançamento para a FNAC.

Bom, essa conversa foi um pouco longe, cheia de idéias e coisas, e eu não consigo relatar tudo.

Entramos então na necessidade de termos reuniões ao vivo toda semana, e depois de muito vai e vem conseguimos estabelecer sábado, ao meio-dia, a gente almoça junto e fica debatendo até umas quatro, cada sábado na casa de alguém. Neste sábado agora (dia 8, amanhã?) ainda não, porque eu o Ricardo e o Neto precisamos de uma 1a. reunião sobre espetáculo. Mas, a aprtir do próximo sábado (dia 15) já dá, começando na casa da Stéphany.

Falamos também sobre reuniões virtuais a cada duas semanas, por MSN, para que os distantes – Michelle, Beti, e logo logo a Cris – também possam participar. Pensamos em marcar às 14h, um domingo sim e outro não, porque achamos que seria o dia mais fácil para todo mundo (Mi? Beti?). Isso começaria no domingo, dia 18.

E aí foi isso, todo mundo deu tchau e foi saindo, falando, marcando coisas, e me deixaram só de penhoar naquela cama enorme, fumando long slims e cheio de problemas pra pensar.

Anúncios

2 Comentários so far
Deixe um comentário

Que triste fim de Gustavo Bitencourt, não é mesmo?
bom, venho aqui para dizer que estou de acordo com os termos lavrados na ata do gustavo. Confere.
Stéphany Mattanó

Comentário por couveflor

Que cena cinematográfica vc em sua grande cama fuando um charmoso cigarro..
Acho boa a i´deia de conversas aos domingos via msn… Ás 14hs é bacana!
Beijo,Mi

Comentário por couveflor




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: